Estresse pode desencadear problemas gastrointestinais

por Chirley Santana

"Um dia deveria ter 36 horas". Essa é uma das frases relatadas com muita frequência pelas pessoas nos dias atuais. A correria diária é tanta que ter 24 horas não é suficiente para executar todas as atividades, seja no trabalho ou em casa. Aí não é à toa que cada vez mais surgem diagnósticos de estresse: a doença do século.

Segundo especialistas o estresse desencadeia diversas patologias. Entre elas, estão justamente as relacionadas ao trato gastrointestinal. "Diarreia, sintomas intestinais, dor ou mal estar no abdômen, azia, entre outros podem ter a sua causa no estresse. Quando são casos isolados não há grandes problemas, entretanto quando passa a ser doença crônica, requer atenção", alerta Dr. Hans Roman Wulf Vieira, gastroenterologista da Digest.

Para você ter uma ideia, a matéria "Carreiras: como fazer para vencer o aumento do nível de estresse?", publicada no dia 10 de março, no site administradores.com.br, mostra que 32% das pessoas pesquisadas pelo ISMA (International Stress Management Association) possuem problemas gastrointestinais. A pesquisa foi realizada com trabalhadores brasileiros no período de 2005 a 2010.

Mas para ter certeza que a presença desses problemas gastrointestinais tem haver com o estresse vivido em um terminado momento, só consultando um médico gastroenterologista mesmo para o diagnóstico correto. Além de passar o tratamento adequado, a indicação, com certeza, será para você por o "pé no freio" e buscar alternativas para desacelerar o ritmo corrido do dia a dia.

(47) 3222-3344 Segunda à sexta das 07:00 até 18:00 e
Sábado das 08:00 até 12:00
Entrega de resultado: Seg. à Sex das 08hs às 17hs
Sobreaviso 24 horas - (47) 3036-6000
LocalizaçãoClique e veja no mapa